quarta-feira, 16 de novembro de 2011

[piada interna]

'Um sorriso se desenhou em seu rosto quando viu que seu bebê recém nascido se parecia com ela. Teria sido terrível ter que dar explicações'

¬¬



terça-feira, 15 de novembro de 2011

nostalgia mode on

Momentos que comecei a me lembrar assim, do nada:

Meu pai: "Rezo por você todos os dias."


Minha avó: "Nem se esforçando ela fica feia."

Meu irmão mais velho: "Esse cara não é pra você."

Irmão mais novo: "Larga esse cruzeta."


Meus amigos: "Você é foda!"

Alguém que não posso dizer quem é: "Se eu não fosse seu p. eu namoraria você.
"

Outro alguém, meio que sem definição: "Quando te olho eu vejo sua áurea."

Minha mãe: "você é muito durona filha, todo mundo aqui chorando e você aí, séria." (Na ocasião disseram que eu estava certa, e alguns disseram que queriam ser como eu. E eu disse que queria ser igual a eles.)

Minha irmã para minha mãe: "Deixa ela dormir, tadinha ta de ressaca."


Ex chefe: "Você faz falta!"

Um amigo: "Trouxe isso pra você, sei que você adora porcaria"


Uma amiga: "Não entendo como você pôde acreditar nisso, você é tão inteligente, sua burra!"


Amigos: "Vê se pára de enrolar e bebe."


Uma amiga: "Como você consegue beber tanto?"

Ex colega de trabalho: "Adoro tuas piadas bestas."

Primo: "Tadinha, é doida."

Outro amigo: "Incrível, quando você chega o ambiente fica melhor."


Leitores: "Adoro seu blog, você escreve e parece eu.
"

Leitores/Amigos: "Se você escrevesse um livro eu compraria."

Leitores: "Li e reli e não entendi porra nenhuma."

Amigos/Leitores: "Você deveria ganhar dinheiro com as merdas que fala.
"

"Alguém": "Com você eu passaria o resto da minha vida"


Amigo gay: "Se fosse escolher uma mãe para o meu filho seria você.
"

Um amigo sacana: "Eu comeria você, em nome da nossa amizade!"

Uma amiga sacana: "Não saio com mulheres mais bonitas nem mais altas do que eu, só com você"

Outro amigo gay: "Se eu fosse você eu daria todo dia."


Um ex: "Eu fui muito burro.
"

Outro ex, sem noção: "Quanto você ganha?"

Mãe: "Deu erro no ultrasom e eu só soube que você era mulher no dia que nasceu, todos pensávamos que era um menino.
"

Pai: "Quando eu soube que você nasceu mulher eu tirei você e sua mãe do hospital à força, tive medo de trocarem você. Acontecia muito naquele tempo.
"

Meus irmãos, me sacaneando: "Você foi trocada, era pra ser homem. Alguém trocou você."


Eu: "Vou procurar meus pais verdadeiros, aposto que são ricos e que estão me procurando, devo ter uma baita herança pra receber!" (Detalhe, meus irmãos nunca mais disseram nada.)

Uma mulher, na rua: "Tua bunda é bem redondinha, sortuda!"

Um amigo: "Você é linda mas as vezes é tão estúpida."


Outro amigo: "Você é bem feinha, ainda bem que é inteligente."


Amigos de bar: "Só falta você aqui."

Amiga: "Voce era mais bonita quando era loira"

Outra amiga: "Cabelo preto combina mais em você."


Meu pai, me exibindo: "Essa é minha filha, linda né? A cara do pai."


Minha irmã: "Pára de comer sua gorda!
"

Meu amigo gordo: "Como você aguenta comer cinco pedaços de pizza? Nem eu consigo."

Pai: "Cuidado com o sal.
"

Pai: "Olha a placa, olha o quebra-mola, olha o sinal vermelho, olha o pedestre, olha a seta, filha não corre, você não está numa preferencial, entra aqui..." (Detalhe, sou habilitada há seis anos.
)

Amiga de infância: "Você é mais que uma irmã!"

Irmão mais velho: "Não quero me meter na sua vida, só não quero que você se meta em confusão."

Eu: "Vai dar tudo certo."


Eu, pro D*: "Eu nunca vou desistir de você!"

D*, pra mim: "Eu te amo, sabia?!
"


.. ♥ ..

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

falso moralismo


O que falar sobre o falso moralismo? Ou pior, o que falar sobre pessoas que possuem esse terrível defeito? Quem é o quê para apontar ou julgar alguém? E quando uma pessoa que tem um passado (e um presente) questionável vem te falar o que deve e o que não deve ser feito e como se deve ou não se deve viver? Como se comportar diante disso? São perguntas que me faço quando encontro pessoas assim, porque sério, fico sem saber como me comportar. É desconfortável, e eu não consigo me conter, e se não posso vomitar tudo o que penso na cara da pessoa, eu saio de perto até para deixar-se perceber o desafeto e também para manter a ética comigo mesma, que para mim é a mais importante. Ser hipócrita consigo próprio é pior do que ser hipócrita perante a sociedade. Aliás, acho até que deve ser bem perturbador ser hipócrita consigo mesmo: como que uma pessoa que fala de uma forma e age de outra se olha no espelho quando chega em casa? Deve no mínimo se chamar de idiota. Mas enfim, cada um com seu cada um. Não quero ser analisada porque autocrítica eu tenho de fábrica, obrigada. E ainda bem que tenho. Toda pessoa deveria ter autocrítica porque acho que é a peça mais importante para a construção da personalidade de qualquer cerumano. E por que a maioria não possui a bendita prática de se avaliar ao invés de avaliar o outro? Os que não sabem analisar a própria vida e sua maneira de agir ou pensar, sempre são aquelas que vivem a apontar defeitos alheios. Ah, e todo esse questionamento levantado fica sem resposta porque ainda não aprendi a compreender pessoas que tem essa deficiência. Fim.