sábado, 2 de abril de 2011

Por hoje, cheguei assim

Amanheci sem forças. Não tava preparada pra enfrentar tantas horas de viagem, mas eu tinha que vir, tinha de voltar, a sensação de dever cumprido me fez ver que valeu a pena todo esse tempo fora, e que tava na hora de voltar pra casa. E embora eu não queira ser tão dura comigo mesma, queria ter dado conta de mais. Como diz uma pessoa muito querida por mim.. "foi um tempo de plantar, espera agora o tempo de colher". Mas tem uma outra igualmente sábia que diz: "Não espera recompensa alguma, faz a tua parte.." Isso confunde minha cabeça. E o que resta mesmo é esperar, e ver que se hora ou outra a vida não engrenar da forma como eu quero, o jeito vai ser tomar as rédeas e puxar mesmo que de forma bruta para alguma outra direção. Mas por enquanto resta ver no que vai dar.

Hoje eu só quero dormir, e depois acordar pra dormir mais, acordar muito bem disposta na segunda-feira, saber levar as coisas com discernimento e paciência (Deus, dai-me paciência), pois sei que a partir de então muita coisa vai ser diferente apesar de minha essência permanecer a mesma. Enfim, passei mesmo so pra dizer que to de volta, que estou em casa, que estou bem, cansada mas bem, sentimento de quem 'gastou' bem as últimas três semanas, com gente que valeu a pena conhecer, com uma que faz a diferença nessa Terra!

É isso, to aqui, mas agora to indo ali... dormir, que é do que mais preciso no momento. =)*

Até mais!!

1 opiniões importantes:

Billycious Böy disse...

Tem vezes mesmo que a gente precisa tomar as rédeas e tomar uma direção. Outras, porém, precisamos, e devemos, apenas descansar, ver o tempo passar pra saber pra onde tenderemos.

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.