quinta-feira, 21 de abril de 2011

paradinha rápida

Acabei de chegar em casa, tava ali numa roda de bate-papo, alguns amigos próximos mas que por causa do tempo nos vemos bem pouco. Engraçado ver que algumas coisas não mudam. Não estou necessariamente falando dos meus amigos, mas vocês já se deram conta de que hoje as pessoas morrem de medo de se arriscarem? É todo mundo muito cheio de reservas, muito cheio de 'ses'. "E se eu disser e me acharem um boboca?", "E se eu escrever e ele não responder?", "E se eu ligar e ele não me atender?", "E se eu contar a piada e ninguém rir?". Ah não, isso é horrível... De repente, eis que esvai-se da gente toda a nossa espontaneidade.
Ultimamente tenho dado a cara a tapa tantas vezes, não tô nem aí se faço papel de boba. Eu ligo mesmo, e se não atender eu ligo de novo, conto a piada sim, to nem aí se não vão rir, e quando não riem dependendo de quem for acho mais divertido ainda (eu já disse isso aqui antes né?). Eu mando o email sim, to nem aí se vão ignorar. Eu viajo horas a fio para um encontro sim! Eu digo que amo sim, porque se eu amo mesmo eu vou dizer o quê? Uma vez li em algum lugar uma frase que dizia mais ou menos assim: bobo é aquele que em vez de amar apenas gosta, e em vez de ser o mundo de alguém, é apenas um alguém no mundo!
Bem clichêzinha, mas gostei dela.. vou levar pra vida!
Histórias de amor não são como matérias de ciências exatas. Não dá pra calcular perfeitamente no que vai dar. Na vida ou no amor não existem fórmulas mágicas... apenas a necessidade de sempre pensar bem no que fazer. Mas sei lá, as vezes é tão bom agir duas vezes antes de pensar... em suma quero dizer o seguinte: SEM VIVER NÃO HÁ COMO SABER.

Essa postagem vai em especial pra minha amiga Giu.
Gata, mira nele, e se jogaaaaaa!!!!


Ufa ainda bem que foi uma parada rápida...
Bom dia de Tiradentes pra vocês, e uma feliz Semana Santa!

0 opiniões importantes:

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.