domingo, 1 de maio de 2011

Da(s) coisas (saudade) que fica(m)

Me disseste que está saudade,
e que quer matar as saudades...
Por favor amor
Não mate as tuas saudades,
deixa viver as tuas saudades
E se morreres de saudades,
é esta a mais bela das mortes
Porque saudade é amor na ausência.
E será também na presença
Por isso vou pedir pra você vir,
porque sinto sua falta desde sempre...
e quando você chegar
quero que você olhe e perceba que tudo o que faço é por você

Sei que o que eu tenho a oferecer é muito pouco
(ou quase nada)
mas juro: é verdadeiro,
e é totalmente seu.

***

Hoje li em algum lugar que ser feliz pode ser simples como piscar os olhos,
acreditei!

1 opiniões importantes:

PROFESSOR DÊNIS disse...

Saudades...o que mais tenho sentido ultimamente...Das minhas filhas, dos meus alunos, da minha cidade, da minha vida...

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.