sábado, 12 de maio de 2012


Eu comecei a rabiscar um texto, mas quando estava na metade achei tão ruim que apaguei o esboço. É melhor não dizer nada que dizer qualquer coisa, não é mesmo?

Então eu apaguei, parei quando estava começando a ficar ruim. Eu quero me lembrar do que era bom, por isso que eu tive que parar, antes que ficasse ruim, porque aí eu iria querer esquecer, entende? E eu não quero esquecer.
(Não estou falando do texto)

Enfim, às vezes é muito mais fácil desistir, deixar pra lá, não se importar. Em textos - ou relacionamentos - quando o processo começa errado, o resultado inevitável é gerar a tal da decepção.

Emendar vidro nunca me pareceu uma coisa inteligente.


*

Sim, essa:

0 opiniões importantes:

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.