quarta-feira, 20 de junho de 2012

sobre distâncias


É interessante como a gente vê as coisas que estão perto ou longe, né? Assim, vou explicar. Quando você vê um avião de perto, você vê que ele é beeem grande. E você sabe que eles são rápidos também, porque, um exemplo, uma viagem Imperatriz - São Luís, de carro, dura em média umas dez horas. Já de avião, quase 50 minutos. Bom, é rápido. E daí você vê o avião no céu, e lá no alto eles parecem tão lentos e pequeninos, né? Eles até cabem numa fresta da janela e às vezes andamos mais rápido que eles. Mas não se iluda, é um avião. E não é porque ele está longe que vai perder o significado que tem um avião.
A mesma coisa acontece com um prédio. De longe parece pequeno e insignificante, mas daí a gente vai chegando perto e ele vai ficando gigante. De longe parece mínimo, e de perto é tão...

E o Sol então? Nem se fala. O Sol é enorme e quente, muito muito quente. Uma quentura que não se pode nem imaginar de tão quente que é. Mas daqui, o Sol cabe na palma da nossa mão. Tem dias que ele aparece brilhante e bonito, e tem dias que chove e ele fica ali escondidinho. Mas nós sabemos que ele está ali. As vezes ele arde em nosso rosto, mas por mais quente que o sintamos, ele não faz ninguém entrar em combustão. Enfim, o Sol é quente e gigante, nós sabemos disso mesmo sem o ver de perto.

A mesma coisa acontece quando se ama alguém que está longe... Então se eu disser pra você que eu gosto de você, mesmo você estando longe, você pode acreditar no que eu digo? Porque eu realmente gosto de você. Porque assim como o Sol você me aquece, e quando chega perto então, quase me queima, e o corpo inteiro arde. 
Porque você aí, longe, fica tão pequenino aos meus olhos, que mesmo sendo enorme, cabe fácil fácil no meu coração. Não é porque está longe que perde o significado que tem para mim, você pode me dizer que não tem nenhuma dúvida?
 
"Quando você disser
Que longe é um lugar que não existe
Se lembre também de me dizer
Onde é que você vai estar, então

Quando eu te quiser
Quando eu te quiser..."

0 opiniões importantes:

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.