quarta-feira, 26 de maio de 2010

Bom senso mandou lembranças

Tem uma coisinha que eu queria muito entender: o que é que tá acontecendo com as pessoas, que assim do nada decidiram ouvir suas músicas no celular em lugares públicos, obrigando os outros a ouvir também?
Você está ali na fila do banco esperando sua vez, ou então tá no supermercado empurrando seu carrinho, fazendo contas, comparando preços na maior tranquilidade do mundo, daí passa um cara desfilando com o celular na mão ouvindo banda Raveli no último volume, e o pior, se achando o fodão, uma coca-cola no deserto, a última bolacha do pacote.


É como se quisesse mostrar pra todo mundo que tem um celular mp4 última geração, ou mp5... mp6 ou quantos 'emepês' já existirem por aí... sei lá. Deve estar querendo dá uma de atualizado, descontraído, uma de bacana que tá ali alegrando o ambiente. Ou então faz mesmo só pra irritar os outros, embora eu não acredite nisso.
O problema também são as qualidades das músicas. Sempre é um tecnobrega, tecnomelody, tecno isso, tecno aquilo.
De todas as vezes em que fui obrigada a ouvir a 'música' dos outros assim em público, não me lembro de ter ouvido alguma que preste, ou uma assim mais ou menos que seja suportável, 'ouvível', parece piada, mas é sempre algo que vai de encontro com nosso gosto.

Tem coisa mais chata do que você tá na fila do banco e ter uma pessoa na sua frente ouvindo música de banda paraense com aquela cantora da voz fina e irritante em contraste com o silêncio e eco que geralmente tem nos bancos?Você tem o seu compromisso ali então vai ser obrigado a ouvir tudo até o cara ir embora. (Nada contra as bandas paraenses, a questão aqui é outra).


Gente, bom senso manda lembranças... Claro que todos têm o direito de ir e vir, mas nesse percurso tem outras pessoas indo também; e se você amigo que está lendo isso tem esse péssimo hábito, comece a reparar a sua volta quando você tiver com seu amiguinho celular fazendo zuada, olhe para a expressão das pessoas que aí você vai ter uma noção de como elas estão se sentindo e se estão gostando de serem obrigadas a ouvir isso que você chama de música. Na boa, é só prestar atenção, daí na próxima vez que você for sair de casa, procure na gaveta, ou na caixinha que veio o seu celular, eu acho que ali deve ter um fone de ouvido, e adivinhe só... eles foram feitos exatamente pra isso, pra serem colocados no ouvido, é sério. \o/
Bem melhor assim, usando fone de ouvido, além de você dá uma de centrado com bom senso, você não vai pagar mico, e as pessoas ainda podem pensar: "puxa, será qual música bacana ele tá ouvindo?"

Legal né? Ainda corre o risco de dá uma de intelectual ouvinte de boa música, já pensou?

21 opiniões importantes:

Borabora disse...

Oh FONES DE OUVIDO nosso de cada dia. Onde estão vocês ??????

galinacio disse...

passei por esse problema em um ônibus. A viagem inteira =)...e além do mais, a portadora da máquina de tortura devia ter no máximo 10 anos. Obrigado APPLE

Yndye disse...

Parabéns pelo blog, está óotimo!
;D

beeijo..

Shirukaya disse...

Pois é, né, maldita indústria cultural: há milênios fazendo o seu caminho mais tortuoso!
Mas veja pelo lado bom, se não fosse essa superexposição fecal não conseguiríamos distinguir o que bom ou ruim.
;)

Pobre esponja disse...

É que esses panacas tem $ para comprar MP%, mas não para comprar fone de ouvidos , que é muito caro... pior que nunca é uma música decente...

abç
Pobre Esponja

Renan disse...

da muita raiva isso, aqui no rj geralmente são funkeiros estudantes sem o minimo de respeito.

Rodrigo Itz Const. disse...

Acho que o pior é no ônibus, sempre acontece.Quando eu tava na faculdade eu ia de buzão, e tentava aproveitar o tempo pra estudar mas era foda viu,sempre tinha um zé ruela com celular ligado ouvindo música. péssimas musicas diga-se. E a pessoa fica se achando, pensando que ta todo mundo curtindo. Bando de cuzão

Vanessa disse...

Todo mundo podia ler esse artigo, principalmente esses com suas músicas tecno-bregas.

No ônibus voltando pra casa sempre tem um desses.. haha, com as principais músicas que odeio e nem vou citá-las pois é falta de ética.
Aquele cansasso, doida pra chegar em casa, com dor de cabeça, e aguentando um celular barulhento pra piorar.

Enfim, lindo seu blog :)

BOm dia.

Rafa Amaral disse...

Putz, já passei muita raiva com isso e ainda passo, pois sou usuário do transporte público. As pessoas não entende o sentido do respeito, tá tudo banalizado. Abraços, adorei o blog e passa no meu, pois coloquei uma crítica sobre o filme do Lula. http://saudadesdobomcinema.wordpress.com

The mentes disse...

Oi Deane

Nós fizemos uma paródia em cima do acontecido entre o prefeito e luciana, atualizado depois que o pai dela foi transferido pra hospital particular.
Faz-nos uma visita quando vc puder, vamos adorar ver sua opinião.

Abraço!

Priscila disse...

Parabéns pelo titulo, layout e principalmente conteúdo =D
Estou te seguindo, realmente gostei !!!
O meu blog é www.priscilainfashionland.blosgpot.com

Kel ;* disse...

Oi Deane,

Adorei seu blog e a forma como escrever.

Imagina minha pessoa em uma crise de TPM aguda, pedindo para um rapaz usar o fone de ouvido ou desligar a música, porque nem todo mundo no ambiente era fã da dupla, rsrs Pedi mesmo, acredita?! Sinceramente é complicado, se eles colocam o fone, inventam de cantar junto... Paciência tem limiteeee!

Bjim*

Gasbri Knot xD disse...

AUHeauAHEUaehaEUHaeuhAE

nossa cara muito bom mesmo
aqui no litoral a gente sofre muito com esse problemaaa
os Vida lokaa que só escutam Rapp, pelas ruas, lan houses e por ai vai.. e os Funkeiros que fazem questão de colocar música alta no Onibus --'

uEAHAeuhaUHAuheA

ri muito cara... muito bom mesmo

realmente faltaa bom sensoo ta em faltaa mesmo

o pior é quando essas pessoas achando que tão abalando começando a canta junto kkkkkkkkkkk

a ultima vez que aconteceu comigo tava tocando funk com Sertanejo O.O

é serio depois dessa eu percebi que o mundo estava acabando .-.

kkkkkkkk

brother meu bom mesmo o blog

adorei

abraçoo e sucesso ^^

Rogerio disse...

ia ser uma confusão só...varias musicas ao mesmo tempo...se querem ouvir poe um fone de ouvido...ja era...evita varios transtorno...como falam a educação e tudo...

Marcelo Ribeiro disse...

Olha, aqui em São Gabriel não é diferente. A gurizada e principalmente os milicos (como chamamos os militares do primeiro ano, aqui no sul), tem a mania de ouvir em alto volume a música no celular, e isso parece uma praga. Os fones de ouvido acabaram esquecidos, por incrível que pareça. A mim não me incomoda por que não ligo, é de passagem, mas para quem se chateia, como fica? Quem não atura, principalmente esses funks, bandas bregas e tudo mais. Haja paciência. Acho que ainda uma hora, vai acontecer uma campanha, do jeito que vai, para ensinar mais educação a estes que só se importam a si do que o coletivo.
Desculpa ser chato, mas essa é a verdade, isso é uma chatice, de ouvir o som a todo volume no celular. Deane, parabéns pelo blog, e sucesso. Beijos!!!

Hugo Enrique disse...

Vou confessar que já fiz isso no ônibus uma vez. =D
Era Nelly Furtado que tava tocando, mas tem uns caras com funks no ônibus que não dá né.

PROFESSOR DÊNIS disse...

Meus alunos me criticam porque meu celular é daqueles bem simples, so tem mesmo agenda, 3 joguinhos simples, chama e recebe e tem uma lanterninha muito útil.Nada de especialidades e defeitosespeciais.Não preciso, so quero ele pra falar e ouvir as pessoas falarem, basta issso.

MR disse...

é... bom senso virou lembrança... isso sim!

Macaco Pipi disse...

CULTURA?
BOM SENSO?
MUSICa?
NAO EXISTE FAZ TEMPO!

CaruhGoes disse...

FONES DE OUVIDO nosso de cada dia. Onde estão vocês ? [2]

Alcione Torres disse...

Tem coisa mais chata do que ouvir música quando você não quer? Ainda mais se não for do seu gosto.
Sempre passo por isso no ônibus que pego toda semana. Aff!! É cada música horrível! Ainda bem que tenho o meu celular também e assim que entro no ônibus coloco meus fones. O problema é quando acaba a bateria! rsrs

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.