quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Então é Natal...

Cheguei até aqui hoje inspirada pra falar sobre o Natal, por três motivos; primeiro porque, óbvio, amanhã é Natal; segundo porque andando pelas ruas comerciais da cidade, não tem como não lembrar a todo momento desse período natalino \o/
Ahh o Natal, tempo bom, tempo de reunir a família, os amigos, tempo de perdoar as ofensas, tempo de esquecer tudo de ruin que aconteceu durante o ano; tempo de pensar em coisas boas, tempo de alegria, tempo de paz, tempo de amar. E qual a melhor forma de dizer que ama, que não seja dando de um presente um computador de última geração; ou uma tv de plasma 32 polegadas, em até 12 vezes sem juros e sem entrada e que voce começa a pagar só depois do carnaval?


Triste isso, mas a idéia de espírito natalino que vemos é esse: 'ame, mas não esqueça de dar um presente pra pessoa amada.' Engraçado que nas propagandas de televisão eles dizem muito isso, que o Natal é tempo de amar, e o resto do ano?

Não estou aqui falando de consumismo, não estou falando do comércio; claro eles querem vender seus peixes. Estou aqui falando desse sentimento superficial que aflora em todos nós a cada final de ano, porque na verdade é como se disséssemos: "olha eu não sei dizer eu te amo, por isso te dou esse presente para que fique registrado por mais um ano, que me lembrei de você."
Patético isso, mas agora vamos esquecer essa baboseira toda.
***

Vou falar do terceiro e real motivo que me trouxe aqui hoje:
E gostaria que essa postagem servisse como uma mensagem.
Quantas vezes nós celebramos o natal do comércio, dos presentes, dos papais-noeis, das festas?
Agora outra pergunta: quantas vezes celebramos o Natal de Jesus, quantas vezes celebramos o Nascimento de Cristo?

Sabemos que o Jesus humano viveu apenas uma vez na terra da Palestina; mas será que aquele mesmo Jesus poderia viver em nós? SIM, o Cristo que viveu em Jesus pode também viver em nós. E não foi ele mesmo quem disse que estaria conosco todos os dias até a consumação dos séculos? Não foi ele que disse: "Eu estou em vós, e vós estais em mim"? Então?!...

Vamos esquecer os símbolos natalinos, vamos esquecer papai-noel, vamos esquecer das festas sociais e comerciais. Marca, neste Natal, um encontro contigo mesmo, um encontro com tua alma, longe dos ruídos acredito que o verdadeiro Aniversariante virá encontrar-te contigo.
Sejamos cada um uma manjedoura para acolher e celebrar o verdadeiro sentido do Natal,
que é Jesus Cristo!


Feliz Natal pra todos, mas o Natal mesmo hein... o Verdadeiro! Abraço!!!!

16 opiniões importantes:

Nova Quahog disse...

É TEMPO DE GASTAAR!!

Jota disse...

impresionante como você conseguiu desenvolver um texto bom em um assunto tão manjado, parabéns mesmo

Fabio T. disse...

O verdadeiro sentido no natal é Nimrod. Jesus Cristo nasceu em outubro. Outro fato interessante é que antigamente não se celebrava o nascimento de Cristo, apenas a morte. Isso porque o nascimento não teve real signific^ncia mas a morte sim.

Também, os 3 magos que visitaram Cristo, o visitaram bem depois de seu nascimento, quando eles chegaram, Jesus já morava em uma casa...

Ah! E papai noel então, surgiu com um conto em que o bispo Nicolau presenteou 3 meninas filhas de um homem pobre.

Curioso não?

Marcus disse...

Infelismente o natal virou uma data do comercio, mas ainda vejo o lado bom, muitas pessoas ficam mais generosas e o você vê o amor até naquelas pessoas que a gente pensa que não existe!

cabanadeinverno disse...

Natal = Hipocrisia.

E não existe deus nenhum, garota.

Blog do Jeco disse...

Desculpa a demora para comentar, o BLOGGER estava com problema.


Olha, essa é a época mais hipócrita que conheço.
Há pessoas que ficam sem falar contigo o ano inteiro, e no natal querem se aproximar.

Abraços...

Poseidon disse...

Sei lá, pode ser superficial encarar o natal como época de presentes e tal, mas o ponto é que todos gostam dos presentes e a maior parte ficaria chateada de não receber um.

E nem tudo pode ser esquecido no natal... nem tudo... Oh meu deus, porque fui lembrar disso?

Brincadeira :3

Enfim, creio que as pessoas deveriam dar mais valor aos sentimentos no Natal, talvez não necessáriamente à Jesus, mas à paz, amor, aquela coisa toda que o natal deveria simbolizar além dos presentes...

De qualquer forma, obrigado pela visita no meu blog, fico muito contente que o texto tenha agradado!

Andrade disse...

FELIZ NATAL PRA VC TBM. O NATAL VERDADEIRO!!!
ADORO SEU BLOG...... SEMPRE VENHO POR AQUI E LEIO SUAS POSTAGENS, PARABENS, VC ESCREVE BEM E CATIVA!

C.Adriano Bandeira Jr. disse...

ah sendo assim, não vou mais te dar teu presente de natal! ahahaha!!%"

brincadeirinha...
feliz natal verdadeito proce tbm, boas festas!

Fabio T. disse...

Respondi seu comentário no meu blog por e-mail e daí lembrei que já havia te contado a história. Ainda estou incerto quanto à data real de nascimento de Cristo, achei ambos em outubro e março. Como meu amigo religioso falou que era em março, então deve ser, hehehe...

bjos!

Borabora disse...

É páia cara, mas esse espirito natalino comercial que nos temoss não é de agora, e não vai acabar nuuunca;
talvez acabaria se o décimo terceiro das pessoas caíssem em outra época do ano... aí o natal seria transeferido pra la.. ja imaginou? heheheh

LADY DARK ANGEL disse...

HUHUHU
O MEU NATAL FOI O VERDADEIRO SEM NENHUM PRESENTE!

@philipsouza disse...

Com certeza é tudo q vc diz sempre mais...depende de nos fazermos o melhor natal.......



bjoss

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

o MEU FOI COMO QUALQUER DIA DO ANO, ACORDEI TOMEI CAFÉ, ALMOCEI E CEIEI, SÓ A JANTA FOI MAIS FARTA... RISOS... AI, ESSA COISA DE ESPÍRITO COMERCIAL ESTRAGA QUALQUER ESSÊNCIA VERA DA DATA!

Natal Marques disse...

Aqui em casa é Natal o ano todo!

Buba. disse...

Um café e um amor, quentes, por favor! E um feliz ano novo :)

Postar um comentário

A leitura especializada é útil, a diversificada dá prazer!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.